Tormentas e outros Desastres
Onda de frio polar castiga a Europa e os EUA

Nevascas causaram mortes na Alemanha e em estados americanos, onde temperatura caiu a até 40 graus Celsius negativos.

A intensa onda de frio que nos últimos dias vem levando caos ao Reino Unido se estende agora pela Europa.

As baixíssimas temperaturas e nevascas provocaram mortes; cancelamento de voos em aeroportos da França, Holanda e Irlanda; e chegaram deixar um trem Eurostar parado no túnel do Canal da Mancha por problemas mecânicos.

Alguns estados americanos chegaram a registrar 40 graus Celsius negativos, causando a morte de 7 pessoas.

No Reino Unido, a situação continua caótica. Da Escócia ao sul da Inglaterra, centenas de escolas continuam fechadas e cerca de 4 mil pessoas focaram sem energia elétrica.

Os principais aeroportos registraram centenas de cancelamentos de voos . Muitos serviços de trem também sofrera atrasos e suspensões.

O governo já começou a emitir alertas sobre a redução do estoque de gás, que é necessário ao aquecimento das residências. Autoridades já pediram que fornecedores de energia elétrica troquem o gás usado na geração da energia por outro combustível, como o carvão.

Na Alemanha os estoques de sal usado para impedir a formação do gelo nas ruas e estradas está acabando. O frio provocou dois descarrilamento de trens que afetaram o sistema ferroviário.

O frio intenso preocupa ainda os agricultores, Na França, No Reino Unido e na Alemanha as plantações de trigo estão ameaçadas.

Nos EUA a agricultura e a produção de gás estão ameaçadas. As empresas produtoras de gás temem que o frio congela as bocas dos poços de extração.

Título Onda de frio polar castiga a Europa e os EUA
Publicação O Globo caderno O Mundo em jan/10