Tormentas e outros Desastres
Leste da Austrália é coberto por tempestade de areia vermelha.

Uma longa faixa da costa leste da Austrália, incluindo a maior cidade do país, Sydney, ficou coberta nesta quarta-feira por uma nuvem de areia vermelha, trazida pelos ventos desde o deserto, afetando o transporte e forçando as pessoas a se abrigarem, além de prejudicar o solo de regiões agrícolas.

A poeira escureceu a isolada cidade de Broken Hill na terça-feira, forçando uma mina de zinco a fechar, e percorreu 1.167 quilômetros a leste para cobrir Sydney de vermelho nesta quarta-feira.

Pela tarde, a tempestade, carregando cerca de 5 milhões de toneladas de areia, se espalhou pela parte sul do país, chegando ao estado tropical de Queensland.

Duas fotografias do mesmo local antes e durante a tempestade de areia.

A visibilidade em Sydney ficou fortemente prejudicada, provocando caos nos transportes. Voos e partidas de barco da área do porto tiveram que ser cancelados, e longos congestionamentos se formaram na cidade.

     

As fotografias mostram como ficou a visibilidade durante a tempestade de areia.

Os médicos pediram às pessoas com problemas cardíacos ou respiratórios que evitassem sair às ruas. Muitas pessoas circularam pela cidade usando máscaras para se proteger da areia.

Os serviços de emergência relataram um aumento nos atendimentos a pessoas com problemas respiratórios.

Segundo a agência meteorológica australiana, esta foi a pior tempestade de areia na região desde os anos 1940.

Ventos fortes gerados por uma grande frente fria trouxeram à costa toneladas de areia do interior desértico do país, que enfrenta uma forte seca.

As autoridades ambientais dizem que a poeira elevou os níveis de poluição por partículas em suspensão para os níveis mais altos desde que os registros começaram a ser feitos, nos anos 1970.

Segundo Chris Eiser, do Departamento de Meio Ambiente do Estado de Nova Gales do Sul, o nível de poluição chegou a 15.500 microgramas de partículas por metro cúbico.

“Em um dia claro, as medições de material particulado ficam entre 10 e 20 microgramas por metro cúbico”, disse Eiser.

Segundo ele, mesmo quando há um incêndio florestal, com muita fumaça, as medições ficam entre 300 e 500 microgramas por metro cúbico.

 

Sydney sofre neste sábado segunda tempestade de areia da semana

Durante a noite, o pó chegou transportado por fortes ventos procedentes do estado de Queensland

trazendo imenso prejuízo econômico à região.

Inclusão Alfaconnection.

Uma tempestade de poeira vermelha semelhante à de Sidney, porem de menor intensidade, ocorreu no interior de São Paulo na região de Ribeirão Preto e em Minas Gerais na região de Belo Horizonte.

Título Leste da Austrália é coberto por tempestade de areia vermelha.
Publicação BBC Brasil em set/09